Hoje, não podeis ver nem ouvir, e é melhor assim.
Mas, um dia, o véu que cobre vossos olhos será retirado pelas mãos que o teceram.
E a argila que obstrói vossos ouvidos será rompida pelos dedos que a amassaram.
Então vereis,
Então ouvireis,
E não deplorareis ter conhecido a cegueira e a surdez,
Pois, naquele dia, compreendereis a finalidade oculta de tôdas as coisas,
E bendireis as trevas, como bendizeis a luz

Khalil Gilbran